ELEN

                            Sou metade ou sou inteira? Sempre me pergunto e não encontro resposta, se na vida, ando com a minha alma exposta.
                            Sei que sou mulher guerreira! Não posso deixar de ser inteira, fragmentos são partes que te dei e não destes a importância que terias que sentir como emoção verdadeira.
                             Parte do inteiro é o meu amor que foge para o eterno vazio de mim mesma. Nem sei se amo ou se procuro amor! Sei apenas que tenho na alma a explosão de sentimentos que me faz permanecer de pé desafiando a vida, sendo uma pessoa inteira e verdadeira.

Menina dos Olhos.