JAKELINE

Não faço nada disso mais por rebeldia ou por querer ficar "contra" o sistema. Eu só quero fazer coisas legais para lembrar um dia, lá na frente que eu não me arrependi de nada e que a vida aqui precisa ser aproveitada. Tirar fotos foi algo que sempre me incomodou porque tive por muito tempo medo de encarar a mim mesma. E nesse ensaio me encarei, como eu sou e vou assumir tudo o que eu fizer hoje e sempre. E me achei sensacional.
Agradeço ao Robinho Rock pela oportunidade de participar do Essência Nua e pelas fotos e pela assistente dele que me direcionou nas poses. O trabalho deles foi extremamente profissional. Agradeço também ao pessoal da Casa Amarela que com muita paciência nos cedeu espaço para fotografar.